__________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________

Em cada um de nós existe um poema .
Um por escrever ... um escrito que se quer procurado e se mantêm escondido na alma ... no coração.
Ser poeta ... não é escrever poemas.
É saber descobrir na poesia ... a parte que falta em si, a parte que falta ... nos outros .

Urbano Gonçalo




sábado, 20 de junho de 2015

World In My Eyes




Deixa que te fale dos meus olhos!
Eles que te vêem como ninguém ...
Te amam com subtileza ...
Que nunca duvidam, da sua certeza

Deixa que te invadam o coração com paixão ...
Te levem mundo fora nas asas de uma andorinha
Te mostrem o mundo pelos meus olhos ...
Para que vejas tudo aquilo, que por ti ... abdicaria

Sorriste ... sorrimos ...
Assim foi a primeira vez, assim será sempre ...
aos meus olhos
Uníssono ... empatia ... cumplicidade
Deixa que os nossos olhos ... se amem de novo ...
deixa que se amem como naquele dia ...

Deixa que falem ...
Pois só eles sabem ... só eles compreendem os
nossos corações exaltados ... por esta exígua
inquietude inamovível ... tonta

Os meus olhos ...
sorriem e choram por ti ... só por ti ...
O coração ... o resto do meu corpo ...
não se resigna e corre em cada nuvem ...
em cada gota de chuva ...
em busca de ti

Deixa que te mostre o mundo ...
pelos meus olhos ...
então ... compreenderás !!







2 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Que lindo! Poesia, imagens e som perfeitos.
Beijuuss meu querido

Ana Paula Horta disse...

Um poema sentido...Gostei!

Só uma pequena observação. Creio que quis dizer vêem. É que há uma grande diferença entre vêem e vêm. São dois verbos com sentidos diferentes, ou seja, ver e vir.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...