__________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________

Em cada um de nós existe um poema .
Um por escrever ... um escrito que se quer procurado e se mantêm escondido na alma ... no coração.

Ser poeta ... não é escrever poemas.

É saber descobrir na poesia ... a parte que falta em si, a parte que falta ... nos outros .

Urbano Gonçalo




domingo, 18 de julho de 2021

Novo trabalho - Antologia



Eis o meu mais recente trabalho.


Antologia da Editora Poesia Fã Clube onde orgulhoso colaboro com um poema selecionado pela Editora, e me junto a vários outros poetas.

Sigam os Link`s, visitem a loja Online da Editora, adquiram o seu(s) exemplar(es) e receba-o(s) comodamente em casa.

Se o desejarem, podem ainda optar pela versão E-book.

Obrigado, desde já !!

Boas leituras !!!


https://poesiafaclube.com/store/vers%C3%A3o-ebook-invent%C3%A1rio-dos-poetas-portugueses-antologia-do-pa%C3%ADs-da-poesia-vol-i-maio-2021


https://www.facebook.com/poesiafaclube/shop/


https://www.facebook.com/poesiafaclube/


https://mail.google.com/mail/u/0?ui=2&ik=7361bab5eb&attid=0.1&permmsgid=msg-f:1704994446198301755&th=17a95b6a55a9e43b&view=att&disp=safe





quinta-feira, 17 de junho de 2021

Tantas vezes ...

 

Tantas vezes me perco ... divago

Tantas vezes suspiro desalento, resignação

Sinto que não tenho direito sequer de pensar

não tenho direito de aspirar ... nem coisas simples


Tantas vezes sorri ... enquanto chorei

Tantas vezes menti ... ao meu coração

Esta mão que me aperta o peito ... o coração

é um enigma insuspeito ... ou não


A normalidade desejo ... a cada dia

Uma mão que me afague a alma ... desejo

Tantas noites quero dormir ... 

sonhar ... fazê-lo como deve ser


Tantas vezes imagino um sentido para a vida

Uma via única de sonhos ... de alegrias

Tantas vezes ... tantas vezes ... 

Corro por ela fora ... mas não sei se vou, ou ... se venho


Ilusão ...

Sonho ou ... metamorfose de mágoas inesquecíveis

A vida que venha ...

Espero por ela ... de peito aberto ... de alma carente


 



sexta-feira, 12 de março de 2021

O Delicado som do silêncio Vol. II

 

Novo livro já há venda !!

O Delicado som do silêncio Vol. II segue na senda do irmão mais velho oferecendo-nos mais poemas inéditos do Blogue que lhes dá o nome.
Podem assim comodamente, adquirir o seu(s) exemplar(es) na loja Online da editora e recebê-lo em qualquer parte do mundo.
O sonho continua ...
Espero que gostem e ... como _ Em cada um de nós existe um poema ... _ eu espero que o "vosso" esteja aqui !!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Um dia ...


Um dia a lua será apenas ... a lua

O sol será apenas o sol ... 

A neve apenas ... neve

Uma flor ... apenas uma flor 

Mas ... até lá, imagino a tua silhueta no luar ... 

O calor do teu corpo será o meu sol ... 

A neve irá derreter-se ... aos teus pés 

E ... em ti, nascerá uma flor ... chamada AMOR 

Até lá ... esperarei 

Até lá irei colher as migalhas que caem do teu regaço 

Olharei a lua a meu modo ... sentirei o calor do teu corpo ... no sol, na subtil esperança de que vejas no imaculado branco da neve ... a pureza, do meu amor por ti





domingo, 17 de janeiro de 2021

Às vezes preciso de estar só ...



Às vezes preciso de estar só 
pensar coisas desconexas ... irreais
pensar no próprio pensamento ...
pensar no porquê da sua existência
Qual malabarista, trabalho vários pensamentos no ar
apanho e atiro ... sigo-os com o meu olhar
eles vão e voltam ...
vão e voltam ...
Por vezes voltam diferentes
voltam maiores ou ... mais pesados
outros ... parecem ser o contrário ...
outros ... nem voltam
No final, o malabarista
fica com um ou dois em mãos e ...
já não dá para fazer ... malabarismos
apenas sentir o seu peso e forma nas mãos indecisas
Tudo se resume a esses dois ... 
o passado e ... o presente
sendo que sem o futuro
já não se consegue "atirar" nada ao ar ou ... tudo não passa disso mesmo
É então na minha solidão
pesando os objetos do meu dilema
que tento contra todas as probabilidades
dar um rumo ... um novo sentido há vida
E ... o malabarista passa a vidente
arrisca uma hipótese, num mundo de probabilidades utópicas
arrisca-se a si e ... ás suas raízes, abrindo os braços
ás suas convicções ... ao crer insubmisso que o seu coração lhe dá

No final a incógnita do futuro
permanecerá sempre na sua forma egoísta e audaz
Porque viver ... será sempre o nosso passado ...
cimentado pelo presente, de olhos postos num desejado ... futuro

 





quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

FELIZ NATAL



 


                A todos os visitantes, seguidores e amigos                           em geral ...

                                    FELIZ NATAL




domingo, 6 de dezembro de 2020


De volta ao cavalete.

Novo quadro.

Título - Amanhecer
Tipo - Óleo sobre tela
70 X 50




By; Gondol 20

domingo, 15 de novembro de 2020

Somos ... sonhos


Somos ... sonhos

desde o nosso nascimento ... desde a consciência 

Somos sonhos reais ... irreais ....realizáveis ... ou não

Mas ... sonhamos

O sonho faz parte de nós ...

comanda a vida como dizia o poeta ...

destrói a realidade e ... a si próprio quando por vezes se torna ... real

Sonhar é o que nos move dia a dia

Dá-nos alento, força e acima de tudo esperança ...

Sonhar leva-nos mais longe, leva-nos para lá do óbvio conforto

que a nossa mente calculista quer ... que queiramos

A mente essa ... não sonha, apenas nos presenteia com obstáculos morais irracionais

quem sonha e nos move ... é o coração

Por isso o amor ... a paixão movem montanhas sem explicação

Por isso eles morrem e renascem quase dia após dia ...

num ritual próprio de quem está mais além do humanamente compreensível

O amor por mim ...

por ti ... por Deus ...

por um nosso filho/a ...

por alguém que partiu ... chegou


Se o sonho comanda a vida ...

queira o homem ser comandado pelo seu coração ...

seja assim o que temos dentro do peito ...

o maior " VALOR " ... que teremos sempre ... à mão 




domingo, 8 de novembro de 2020

Quando estás perto de mim

 

Por vezes quando passas ...

Levas muito de mim ...

O olhar que me escondes ...

O sentir é desejo ... amor oculto mas ... presente


Tudo é desordem nos meus sentidos ...

Mas ... tudo faz novo sentido ...

Tudo tem outro sentido ...

Quando estás ... perto de mim !!





quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Chamam por mim ...


 Chamam por mim ... vozes que desconheço

Chamam por mim longe ...

Chamam por mim perto ...

Amalgama de sons dispersos ... desconexos 


Chamam por mim em silêncio mordaz

Chamam ... chamam ...

Não sei porquê ... o que me querem

Não sei se os ouça ... ou ignore


Ao longe o mar quebra homens de medos

desvenda e fomenta segredos ...

semeia e colhe tempestades, guarda em si destinos de outrem

toma seu tudo que pensamos ser nosso


E nas suas ondas de tormentas ...

navegam barcos imaginários ...

navegam almas e piratas ...

todos os tesouros das suas ilhas fartas


Ali ... parado a olhar ... ouvir

tais vozes mudas, tais sons incautos ... eloquentes 

Por eles, tantos viajaram ... tantos mundos no mundo se descobriram

tantas vidas se deram ... perderam ... renasceram


Não sei se os ouça ...

se deles serei destino ...

se em tais ondas navegarei ... se a esses sons pertencerei

Sei apenas que a terra me tem e ... aqui ficarei


Numa luta constante e inglória ...

Numa busca de sentido aleatória ...

Num sonho sem sentido ...

Num coração triste ... perdido




domingo, 26 de julho de 2020

Como uma gota



Como uma gota, percorro caminhos imensos
e suspiro metas impossíveis
Morro a cada obstáculo ... ou quase
ressuscito numa outra que se cruze em mim

A cada dia ...
A cada noite ...
Gota a gota ...
Lágrima a lágrima

Sei que tenho de prosseguir
sei que os sonhos não param
por isso persigo um a um ...
e a cada perda ... desilusão, passo a outro

Já perdi muitas alegrias a solo
muitas tristezas também contei ...
mas ... por nenhuma ficarei
por nenhuma irei parar, pois sou ... uma gota

Uma gota de água de chuva ou ...
por que não ... dos teus olhos
e uma gota prossegue sempre no seu objetivo
na sua saga imparável ... rumo ao sonho

Posso ser barrada
limpa ou seca mas ...
enquanto eu andar ... existir ...
serei sempre o símbolo da esperança ... na humanidade

Serei sempre algo de ti ...
de mim ... algo muito "nosso" ...
algo a que só a alma ...
tem direito a saber ... questionar




domingo, 29 de março de 2020

Tudo vai ficar bem ...


Covid - 19 ...
É quase obrigatório este assunto.

O Covid - 19, hoje conhecido no mundo inteiro, veio a meu ver mostrar/demonstrar inequivocamente aos humanos, que idade, extracto social, zona do mundo, dinheiro ...
nada disso interessa !!
Neste que já é um marco para a humanidade a ser certamente leccionado nas aulas de história do futuro, temos lições de futuro a aprender.
Confinados aos nossos lares, junto dos nossos familiares diretos, redescobrimos ...
redescobri-mo-nos!!
Já não nos interessam as cotações das ações, o preço das casas ou dos carros ...
O relógio da marca "tal" ou a roupa Versace / Chanel dos actores da moda por exemplo e ...
blá, blá, blá ... !!
Descobrimos que o nosso maior bem é o pouco que temos ... um tecto sobre a nossa cabeça, água, luz, comida essencial !
O familiar ou o amigo que nos liga a saber se estamos bem e por aí ...
A internet nada constrói, provoca o caos publicitário da pandemia ...
aborrece com as redes sociais da praxe ... e os estúpidos habitués que se acham moda a seguir e com isso dinheiro ganhar !!

É certo a gravidade do problema ...
É certo que só o isolamento funciona para já como medida de prevenção ... contenção.
Quero acreditar que a humanidade passará mais este duro teste, acreditar que no pós-vírus seremos melhores, faremos melhores escolhas e acima de tudo ... que estejamos mais próximos das nossas famílias e amigos e deixemos na "prateleira" amigos ou pseudo-modelos (??) virtuais que nunca estiveram connosco ...
que nunca estarão ao nosso lado !!
Importante mesmo nesta sociedade, são quem nos trata da saúde, nos coloca bens essenciais nas prateleiras dos supermercados, nos fornece os combustíveis, nos recolhe o lixo, nos vem arranjar a caldeira que avariou, a luz que pifou e por aí ... curiosamente essas são as ditas profissões dos extractos baixos da nossa " virtual " sociedade !!
Tribunais, escolas, lojas que não são de bens essenciais, cinemas, empresas várias ...
cruzeiros - turismo, etc, etc ... tudo isso fechou ou vai fechar, e ... porquê ?!!

Porque tudo isso têm o valor que têm realmente na sociedade ou seja ...  - O - ou quase !!

Haja esperança e optimismo !!
Previnam-se o melhor possível ...

" Tudo vai ficar bem " ...



domingo, 15 de março de 2020

Pensar ...



Pensar ... pensar
em tudo ... em nada
apenas pensar ...
pensar e divagar ... devemos

Devemos pensar ... repensar
a vida ... o mundo que temos
aquilo que somos ...
poderíamos ser

Autónomos ... mas não autómatos
livres ... sem aprisionar
felizes ... sem embalagens
modestos ...

Devemos pensar ...
onde erramos ... para onde vamos
se já partimos, se o faremos ...
quem somos nós

Não tenhamos medo de algo perder
não tenhamos o objectivo de algo ganhar
a não ser ... a vida, o amor, o sorriso dos nossos filhos ...
a sua vontade de nos querer ... ter





quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Todas as manhãs ...



Todas as manhãs arrancam de mim um novo dia
todas as manhãs luto contra isso ... inexplicavelmente
a luta contra o que me aperta o peito ... a alma
o medo do dia que se avizinha e ... desconhece

Tudo se desvanece, ou quase, conforme o dia acontece
como se o que me aprisiona, fosse qual vampiro temente ...
a luz do sol ...
mas ... quando ele não aparece ...

A espaços, o dia corre embalado numa rotina que se quer ...
se deseja ... como um remédio
a espaços, alguém nos arranca um inusitado sorriso ...
num qualquer momento anti-hipnótico ... desleal ao medo

E a cada manhã ... tudo volta
e a cada manhã luto contra o medo ... em revolta
e a cada manhã suspiro pela rotina ...
e a cada manhã suspiro, por um sorriso inusitado

A manhã dá lugar à tarde ...
e a tarde bate-me nas costas, abana-me, acorda-me ...
almejo ao longe a noite, e suspiro de volta ao lar
na ansia, no mérito de ter enganado ... o medo

A noite é mãe ...
abraça-me junto ao seu peito
Tira-me as sombras ...
reanima-me o coração, afaga-me o peito ... no meu leito




domingo, 22 de dezembro de 2019

Então ... é Natal !!


Então é Natal ...
Sei-o pelas pessoas ...
pelos cheiros no ar ...
pela ansiedade injustificada na compra dos ... presentes

A noite mal passada pela ansiedade de outrora
deu lugar a uma mais "cómoda" troca de presentes à meia noite
As tardes passadas na cozinha com a mãe/avó no fabrico dos doces natalícios
foram substituídas pelas consolas de jogos, pelos telemóveis e televisões

A lareira ... deu lugar ao aquecimento central
Os doces compram-se aqui e ali
As mesas são cada vez maiores e mais cheias ...
Os presentes cada vez mais caros ...

Aonde vamos nós ?
O que é feito da magia nas crianças ?
Porque já só os mais velhos conversam à mesa ?
Porque se tornou tudo em apenas negócio ... dinheiro a crédito ?!!

Então é Natal ?!!
Pois ...

Feliz Natal então  ;-)

domingo, 24 de novembro de 2019

Por vezes ... quase me encontro




Por vezes ... quase me encontro
quase me vejo ao longe ... num qualquer outro lugar
quase me vejo em ti ... nele ... ali ...
mas nunca me vejo ... em mim

Emoções escondidas ... temidas ... não partilhadas
opiniões que se calam no propósito ... no momento
dúvidas que nos atrasam reacções ... dúvidas ... dúvidas
uma luz que ténue, envolve a alma refém na escuridão

Por vezes ... quase me encontro
por vezes ... não me perco nesta vida
por vezes sorrio ... desaperto o meu peito
por vezes nem sei ... como sobrevivo a mais um dia

Os olhos ... dizem tanto
mas ... ninguém os vê ...
ninguém os " ouve " ...
mas ... porquê ?!!

Os dias passam por nós, qual indivíduo na multidão ...
dão-nos encontrões ... mudam-nos de direcção ...
mostram-nos portas novas e antigas ...
deixam-nos na dúvida do ser ... do querer

A vida ... esse baralho de cartas
prossegue nas suas trocas, no seu vício obstinado pelo lucro ...
ilude-nos ... fomenta esperanças que se pensam coloridas ...
mas que na realidade só têm duas cores ... sob várias formas

Por vezes ... quase me encontro
quase me vejo ao longe ...num qualquer outro lugar
quase me vejo em ti ... nele ... ali ...
mas ... nunca me procuro ... em mim



Urbano Gonçalo.




domingo, 2 de junho de 2019

Don´t you forget about me


Não te esqueças de mim ...
das manhãs que passamos juntos ...
dias ... noites ...
Eu não esquecerei 

Não te esqueças de mim ... criança
jovem ... ou velho
não te esqueças de mim ó mundo
não te esqueças de mim ... amor

O que te dei, perdi, abdiquei ...
os sonhos partilhados ...
a esperança de outrem ...
a inquietude de um suspiro

Continuo a ver o teu semblante ...
a sentir o teu perfume ...
a almejar um teu beijo ...
um só gesto teu que o fosse

Não te esqueças de mim ...
eu ...
nunca o farei !!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...