__________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________

Em cada um de nós existe um poema .
Um por escrever ... um escrito que se quer procurado e se mantêm escondido na alma ... no coração.
Ser poeta ... não é escrever poemas.
É saber descobrir na poesia ... a parte que falta em si, a parte que falta ... nos outros .

Urbano Gonçalo




sexta-feira, 4 de junho de 2010

Comfortably Numb

 
 


Esta música ouço-a há anos ... e anos!
Noventa por cento das vezes ela consegue trazer-me aos olhos aquilo que os humanos até hoje não conseguiram ... as lágrimas. Não sei ao certo o porquê, não sei se pela letra, se por eu ter um irmão deficiente mental e ela me lembre dele, se ... se ... não sei dizer, o que sei é que ela me comove.
Concordo que é um vídeo difícil de ver, mas ... ele parece-me um espelho de vida.
Os Floyd sempre foram a minha banda de eleição, e ... continuam a ser, continuo a seguir David Gilmour, Roger Waters e os outros que infelizmente já se foram.
Sempre na vanguarda, mas nunca por "modas", eles seguiram sempre a busca da perfeição, se a conseguiram ?!! Não sei, mas ... se a não conseguiram então estiveram lá muito perto certamente.
Esta música tem o maior solo de guitarra ( e o mais belo! ) da história da música Rock, David Gilmour protagoniza de forma soberba esse solo, que parece ... lhe sai da alma.
Por isso vou colecionando sempre que posso, tudo quanto é vídeo concertos da banda, e deixarei também isso como legado da minha "personagem".
Aqui fica um tributo muito merecido e especial aos  meus amigos ...
PINK FLOYD.

1 comentário:

Nathalia Leão Garcia disse...

Urbano meu caro, compartilho dos mesmos sentimentos sobre a banda Pink Floyd que você. Comfortably Numb me mobiliza emocionalmente e me leva às lágrimas pois lembra as pessoas que passaram pela minha vida e que tinham algum tipo de distúrbio de comportamento. Fiz Psicologia e convivi em Hospital Psiquiátrico com os dramas de muitas pessoas doentes da alma. Dores intangíveis, mas avassaladoras. Essa música traduz e aproxima desse solitário mundo que tira do ar muita gente e angústia quem está próximo. Obrigada pela sutileza com que registra esse delicado som do silêncio que grita nos submundos. Um beijo e luz! Nathalia Leão Garcia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...