__________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________

Em cada um de nós existe um poema .
Um por escrever ... um escrito que se quer procurado e se mantêm escondido na alma ... no coração.
Ser poeta ... não é escrever poemas.
É saber descobrir na poesia ... a parte que falta em si, a parte que falta ... nos outros .

Urbano Gonçalo




sábado, 19 de setembro de 2009

A natureza, ... naturalmente!

Cada vez mais olhamos em nosso redor e descobrimos novos (?) recursos, possivelmente fundamentais para a nossa futura sobrevivência. No entanto, curiosamente eles sempre estiveram ali "à mão de semear", e só o medo recente e infundado da futura falta do nosso amigo petróleo, nos abriu os olhos e nos mostrou que existem, e sempre existiram outras e melhores soluções energéticas.
E mesmo como já referi, nenhuma das novas soluções o são realmente. O homem aprendeu que não lhe adiantava nada continuar neste ritmo de poluição, fazendo mesmo "orelhas moucas" como diziam os antigos, aos repetidos avisos da mãe natureza, e de uns quantos seguidores do lema verde (não é do Sport... que eu estou a falar!). Ao invés do que eles pensavam e diziam, as alterções climácticas existem, são bem reais ,basta ver um pouco de televisão para o constatar, pois raro é o dia em que na dita, não se ouve falar em inundações, ciclones, etc.
Mas, embora certos senhores, apregoem (agora) muita boa vontade, e consciência para com o clima e para com os outros, o  verdadeiro factor que lhes desenvolveu de repente os cérebros, foi claro o factor "D".
Dinheiro, sim senhor! Não fora a futura falta de petróleo (induzida ao pobre, como justificação para os constantes aumentos), e a crescente crise económica (de alguns, como eu!), e a ecologia, a natureza etc, etc, teria obviamente ainda muito que esperar.
Parques de ondas, energia eólica, paineis solares, etc, já felizmente fazem parte do nosso quotidiano, e até alguém já teve a luminosa ideia de criar um enorme parque de paineis solares em terras de África, porque imaginem, lá à montes de sol durante todo o ano, e (digo eu) concerteza quando as vendas do petróleo baixarem o suficiente, os Árabes vão descobrir que afinal no deserto também o dinheiro clama por eles.
Sem querer parecer um erudito, e muito menos convencido digam-me lá, ... quem é que de todos nós ainda não se tinha lembrado de tais "milagrosas" ideias, que agora os nossos governantes nos atiram para cima?
Já agora deixem-me "dar-lhes" mais uma ideia, que certamente ainda vai a tempo das eleições!
Porque não aplicar paineis solares nos postes públicos de iluminação??? Não seria essa uma maneira de poupar milhões de euros, que poderiam ser canalizados para por exemplo causas sociais???
Não obstante toda a hipocrisia, o homem pouco a pouco e com que ( verdadeiras) intenções, podemos nós calcular, lá vai dando a mão à palmatória. E deve mesmo fazê-lo! Não com ou por vergonha, mas porque é bom que pelo menos ... tenhamos respeito e consideração pelos nossos filhos, é bom que lhes deixemos pelo menos ... a oportunidade de continuarem os poucos e inseguros passos que (só) agora começamos finalmente a dar, de forma mais ou menos consistente.
Diziam os nossos avós, ainda sem a nossa técnologia, mas claro ... cheios de sabedoria, " NA NATUREZA NADA SE PERDE, ... TUDO SE TRANSFORMA!!!!!! ".

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...